Carta do dia: para Helena

Filha, 
a Nena, sua prima querida, é uma ginasta das mais lindas. Ela acabou de embarcar para a Bulgária, aos 7 anos de idade, para dar asas a um sonho de crescer e se aperfeiçoar mais nesse caminho da Ginástica Rítmica. Seu padrinho escreveu uma carta pra ela e eu abri espaço aqui no nosso cantinho para guardar as palavras dele, para que a gente nunca se esqueça dessa emoção que todos estamos sentindo por vê-la ir pro mundo assim, tão segura e tão feliz. 

 

Aracaju, 17 de maio de 2016.

Carta para minha Filha.

Querida filha, estamos passando por um momento sem muito tempo livre, com um leve toque de turbulências e ansiedade. Mesmo assim, apesar de tudo que vem acontecendo vejo você mantendo o sorriso no rosto e a alegria na alma. É algo incrível e muito positivo. Eu apenas agradeço por você ser positivamente resiliente.

As vezes sou obrigado a ser duro com você. Não gosto disso, mas é a parte mais difícil da missão de ser pai. Para te ensinar que na vida nem sempre você terá o que quiser e quando quiser, ou que nem sempre você fará o que quiser ao bel prazer, sou obrigado a te dizer não. São apenas três letras, mas que tem um peso assombroso às vezes. Espero que no futuro você possa me entender e agradecer por cada não dito a você.

Fico observando seu crescimento, físico, mental, e até espiritual. Fico feliz de te ver cada dia mais linda, com o raciocínio rápido e a inteligência afiada. Começo a projetar o bunker numa montanha isolada do Nepal para onde vamos nos mudar quando você fizer quinze anos….(ops). Vejo que você será uma mulher de fibra, com personalidade desconcertantemente forte e grande poder de liderança. Talvez eu não possa prever com certeza como você será no futuro, em relação ao mundo. Para mim, você sempre será minha Princesinha para quem eu sempre terei um colo, um carinho, um copo de chocolate quente ou frio (a depender do calor local).

Hoje eu estou preocupado com a etapa que se aproxima, com a pressão crescente sobre você e com a viagem vindoura. Na verdade, hoje meu coração acordou pequeno dentro do peito, aflito. Mas como eu te disse um dia desses na cozinha do nosso apartamento: “Eu sempre te apoiarei e entenderei suas decisões” Você tem apenas sete anos, mas encara sua opção esportiva com seriedade e compromisso tão profundos que fazem adultos parecerem crianças de colo. Prometi a mim mesmo que não deixaria meus medos e instinto de superproteção não a privariam de suas escolhas. Daqui a dezoito dias você dará seu primeiro grande passo na carreira esportiva, fará sua viagem de treino para a Bulgária. E eu estarei lá, no aeroporto, com você até o ultimo segundo antes do embarque. Depois serei só torcida, energia positiva e saudades. Eu confio em você e espero que seu sorriso seja constante em seu rosto. E quando voltar, estarei te esperando no aeroporto, com toda a certeza.

Amo você minha Filha.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em afilhada, carta

Uma resposta para “Carta do dia: para Helena

  1. Adorei post de hoje… ser pais muitas vezes é ficar na torcida né. Muita sorte e sucesso para essa princesa! bjoss

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s