Arquivo da categoria: bem estar

29 semanas, a ficha que cai… e outras coisinhas mais

Hoje é dia 04 de maio. Ou seja, temos o mês de maio todo pra viver. Depois todo o mês de junho.

Quando julho chegar, a pequena Agnes vai chegar também. Em qualquer dia do mês, no tempo dela.

2 meses para entrar “a termo”. DOIS meses.
O que eu falei nos últimos posts mesmo? Que o tempo tem voado, passado muito rápido, escorrido entre os dedos, como areia. Agora ninguém pode falar que eu estou exagerando.
Céus! O frio na barriga tá começando a aparecer por aqui. A ficha de que um bebê ~de verdade~ vai chegar demorou quase 30 semanas pra cair. Sim, lerdeza gravídica, eu sei, mas precisava de tanto? 
Estou mais introspectiva esses dias. Claro, ainda tem coisas a serem feitas, mas estou preferindo ficar mais na minha sempre que possível, curtindo a barriga e querendo guardar todas as sensações num potinho. É uma delícia estar grávida, estou amando, de verdade! Muito feliz em estar vivendo essa fase, do jeito que está sendo. A pequena mexendo, a barriga crescendo num ritmo tão perfeito, que é como se ela sempre estivesse aqui – tanto que até me assusto quando me vejo no espelho ou em fotos, rs. 
Hoje fui ao açougue com marido, caminhando. Coisa simples, mas não é do ladinho de casa, não, dá uns 15 minutos na ida e mais 15 na volta. Aí percebi que, por mais que eu ache que a barriga não esteja pesada, ela tá, sim. No meio do caminho comecei a sentir a diferença. Um leve incômodo na lombar, um pesinho no pé da barriga. Mas aguentei ir e voltar, normal, só decidimos que vamos sair logo pra comprar o que estiver faltando, coisas que eu estava deixando mais pro fim, mas como não quero forçar nada nem ir as compras me sentindo pesada, então que se resolva logo tudo. 
Também tenho sentido muito menos vontade de ir pros exercícios de gestante. Algo a ver com querer estar mais focada em mim e na Agnes, e não em “fazer social”, cara de alface e sorrir pros papos que rolam lá, duas vezes por semana, se é que me entendem. Tô pensando em comprar uma bola de pilates e seguir fazendo alguns exercícios e alongamentos aqui mesmo, além de caminhadas leves no condomínio. Coisa meio instintiva mesmo, sem grandes explicações de livros ou manuais, só mesmo intuição de mãe.
Só comecei a sentir as contrações de treinamento há poucas semanas. Ou sentia e não percebia, não sei. Só sei que agora elas aparecem por aqui, umas 2 ou 3 vezes por dia, dependendo do esforço que faço. Não consigo medir o tempo direito, acho que porque estão leves ainda, mas é curioso sentir isso, né?! A barriga endurece mas não dói nadinha de nada, rs. 
Ah, percebi que a Agnes tem mexido bem menos, hoje mesmo foi bem sutil, de vez em quando. Já tinha lido que seria normal a partir de agora, mas não deixei de me assustar. Fiquei meio encucada, mas acho que o espaço tá começando a ficar pequeno pra tanta animação que ela tinha.
A parte chatinha é que apareceu umas micro bolinhas na minha barriga, que coçam muito! Pensei que fosse sinal de que as estrias estivessem chegando, mas até agora nada. Depois percebi que tem no seio também, tipo umas manchas vermelhas (na barriga também fica vermelho), então tô achando que pode ser alergia de alguma coisa. Não comi nada de diferente esses dias e por via das dúvidas suspendi um creme anti-estrias que usava vez ou outra. No mais, tudo normal na rotina. Ainda não passou e de noite parece que coça mais, é péssimo. Mas tenho consulta com a Catia na próxima terça, daí vou ver com ela direitinho o que pode ser. Mas torcendo para não ser nada demais. 
Na prática, falta pouca coisa pra poder dizer que está tudo pronto pra chegada da pequena. Alguns poucos itens de enxoval dela e algumas coisas pra mim, que também tô nesse jogo né não?! Quase esqueci que também estava na lista, haha. Já compramos o bercinho estilo co-sleeper, mas ainda não chegou. Já comecei a fazer o enfeite de porta pra ela (aquele da nuvem com chuva colorida ❤ ). E estávamos prestes a sair pra comprar a cômoda, mas decidimos que vamos reformar, nós mesmos, uma que já temos em casa. Pais possuídos pelo espírito DYI, a gente vê por aqui, hahaha \o/. Nada muito elaborado, porque nunca fizemos isso, mas assim que ficar pronto eu mostro, com certeza. No mínimo, vai ser divertido, rs. 
Esse mês vai rolar um ensaio da pancinha, eeeee \o/ Se tudo der certo vai ser dia 17, tomara que esteja um dia bem bonito 🙂
E entrei em maio mudando o visual, cortei o cabelo curto de novo. Ele cresceu rápido e, como tenho bastante cabelo, estava pesado, sem corte. Resolvi isso ontem e agora me sinto bem melhor – adoro cortar a juba, hehe.
                               

E adivinhem com quem eu estive esse fim de semana? Sim, a Louca do Bebê mais querida da blogosfera! \o/ Eu já fui na Bahia, agora foi a vez dela vir em Sampa me ver, hahaha. Brincadeira, foi um encontro bem rápido dessa vez, mas valeu super pra matar a saudade, conversar e dar abraço barriga com barriga, rs. 
Adoro esses abraços, já rola sempre com a Dani, amiga amada, mas ainda não temos registros – vamos resolver isso em breve, né, Dani? – E agora foi com a Nana. Muito legal essa energia gravídica junta ❤
À propósito, ela está linda e Landinha está crescendo e aparecendo lindamente. 
Nana, amei te ver de novo, sempre muito bom conversar contigo. Certeza que no próximo encontro vamos slingar juntas, haha”
Barrigando em São Paulo
E é isso, meu povo. 
Essa semana tem doula, tem consulta, tem encontro com minha parceira de devaneios, conversas, equipe pré-natal e tudo mais, e com certeza deve ter mais alguma coisa que não estou lembrando, rs.
Passo aqui pra atualizar em breve.
Beijo e uma semana linda pra todo mundo o//
Anúncios

9 Comentários

Arquivado em barriga, bem estar, conversando, corpo, DYI, encontro, gestante, instinto, sentimento, sentindo, sintomas, tempo

22 semanas!

Super oficialmente ultrapassamos a linha da metade da gestação, e agora sinto mesmo que está na hora de arrumar as coisas da pequena.

– E a primeira mudança já começou: compramos um armário novo… pra nós! hahaha. Como o quarto será compartilhado, algumas (várias) mudanças vão acontecer no recinto, e não dava pra continuar com o guardarroupa enorme que temos aqui. O jeito foi comprar um menor e praticar o desapego com algumas coisinhas, hehe. Em sequência vamos providenciar a cômoda dela e depois o “puxadinho” da minha cama, vulgo: bercinho co-sleeper, rs.

– Comecei as atividades físicas, que delícia!! Ginástica e exercícios aeróbicos um dia e hidroginástica no outro. Apesar de ter começado a pouco tempo, percebo que está me fazendo bem. E justo agora meus pés estão ficando um pouco inchados no fim do dia – coisa que não havia tido ainda – então é bom já estar em movimento.

– Desde quando engravidei, enjoei de café. Nunca fui muito viciada, mas tomava (com leite) uma vez por dia, de manhã. No começo, não podia sentir nem o cheiro, tinha que sair de perto mesmo, me embrulhava o estômago, coisa péssima. Aos poucos foi passando, mas nada que me desse coragem de voltar a tomar. Pois esses dias fiquei com vontade e tomei um pouquinho na casa da minha prima. Ah, que beleza não passar mal!! rs. 5 meses depois, consegui vencer essa parte. Mesmo assim achei melhor precaver e não tomo muito, só metade do que ingeria antes, mas adivinhem? Alguém aqui dentro fica ligadona com o dito cujo, já percebi. Ou seja, vou ter que dar uma segurada de novo, rs.

– Fizemos a morfológica do 2º trimestre na sexta. Quase fui atropelada (chorei um monte depois, mas foi só o susto mesmo, amém), quase perdi o horário na clínica porque o trânsito, que já é feio na sexta, travou bem mais. Mas enfim deu certo. E está tudo lindo com a nossa pequena Agnes! Sim, como já perceberam, confirmamos – mais uma vez – que quem está aqui dentro é a mocinha mesmo. Três máquinas, três médicos e três laboratórios disseram a mesma coisa, se estiver errado a culpa não é minha, vocês estão de prova, hahaha. As pitaqueiras tudo pira e, por mim, podem deitar na br dizendo que estou errada, tô nem aí pra elas (não tô encontrando com as piores delas, na verdade, para evitar a fadiga! rs).
Brincadeiras a parte, pelo exame está tudo dentro do esperado, graças a Deus. A danadinha estava sentada (de novo, ela muda toda hora, rs), com o rostinho bem embaixo do meu umbigo, ou seja, não deu pra ver direito, porque é onde faz uma sombra no exame. Fazendo umas poses muito doidas, quase uma mestre de yoga nível super master avançado. Deus conserve essa flexibilidade, haha. Saí de lá derretendo de amor, só pra variar um pouquinho ❤
E vejam só que lindeza o pézinho da minha modelete – vai puxar a mãe e ao padrinho (meu irmão) nos pés grandes, mas como minha mãe sempre me disse: “um pé grande para uma menina grande”, haha.

                                          

um pãozinho de 4 cm 😛

– Estou numa fase super reflexiva. Tenho revisto várias questões, tentando entender outras tantas, sentido um monte de coisas ao mesmo tempo. É uma felicidade sem tamanho estar vivendo tudo isso – e ir constatando, à medida que o tempo vai passando, que é real mesmo. Mas parece que junto vem uma tsunami de sentimentos. E eu, que já sou sensível por natureza, estou uma manteiga derretida. Choro fácil, por coisas grandes ou mínimas. É uma dualidade total. Ao mesmo tempo em que quero fazer mil coisas, super disposta, no dia seguinte já não quero conversar muito, quero mais é ficar no meu cantinho, pensando e me deixando levar pelo que vier. Eu sempre fui meio assim, de ficar na minha mesmo, nunca gostei de muitas aglomerações, e parece que isso se acentuou um pouco mais agora. Mas estou bem. Mais quietinha uns dias do que em outros, mas bem-bem.

Quinta passada foi um desses dias de silêncio, e veio junto uma certa melancolia, uma vontade de não-sei- o-quê. Depois minha mãe chegou, ficamos conversando um pouco e, quando vi, já estava rindo das peripécias dela para tirar fotos minhas, haha.

Enfim, acho que é isso.
Tenho pensado muito em voltar a escrever com mais frequência, voltar a estudar outras coisas, mas talvez ainda não tenha chegado a hora. Ou chegou e eu estou um pouco lerda mesmo. Quando eu descobrir, volto pra contar.

8 Comentários

Arquivado em acontece comigo, bem estar, conversando, gestante, segundo tri