Arquivo da tag: fala

pequena matraca

Agnes está uma lindeza, minha gente! Eu sei que sou suspeita, que sou mãe coruja assumida, mas essa fase está muito legal. Sim, tem choro e ranger de dentes, de todas as partes envolvidas. Sim, tem gritos, testes de paciência (alguns concluídos com sucesso, outros tantos se autodestruindo no instante seguinte) e uma menininha com muitas vontades, sabendo muito bem o que quer e o que não quer – e pais descobrindo que isso pode ser tão lindo quanto desesperador. Tem tudo isso e muito mais. Prometo voltar para contar só sobre como anda a nossa vida real em outro momento. Por hoje, quero contar do que tem me encantado por demais nos últimos tempos: a aquisição da fala.

Ela simplesmente repete tudo que a gente diz. Ou quase tudo, vai. Mas tem desenvolvido a fala com uma velocidade doida. Algumas coisas fala certinho, como papai, mamãe, vovô, vovó, amanhã, descer, maçã, mamão (mamaum), pão (paum), neném, oi, tudo, moço, amor, entre outras. Mas para a maioria ainda é daquele jeitinho que eu acho muito fofo. Já fiz um dicionário Agnês, mas quis vir registrar mais para não esquecer.

Ela não diz o som o C, para algumas palavras ela exclui essa letra, simples assim, para outras ela substitui por t
Aba-a-te = abacate
ô-ô = cocô / e quando ela começa a falar “ô-ô ssissi, ô-ô ssissi num looping sem fim é porque a fralda está carregada;
topo = copo
to-uo = colo

maissi = mais

dato = gato
munhau = miau
au au= cachorro
pada = o panda de pelúcia
mumosa = mimosa, a girafa de pelúcia
to-u-ja = coruja
fante = elefante
pato

aoiz = arroz
suto = suco
bochacha = bolacha
putota = pipoca
epoio = repolho
buiaba = goiaba
manda = manga

Uua = lua (adora a lua!)
avaão = avião (é doida num avião também)

baiá = trabalhar
tóio = escritório (se referindo ao trabalho do papai)
dáia = sandália
entá = sentar (quando ela quer que eu sente pra brincar ou pra ela mamar)

bidada = obrigada
fu favô = por favor

fufa = chuva
fofá =sofá

abaço/abassar = abraço/abraçar

dodói
sauô = sarou (o dodói, no caso, hahah)

tau = tchau

e assim, praticamente tudo que a gente fala, ela tenta repetir. Tanto que esses dias minha mãe falou “chatice” perto dela e logo ela tava falando “tatice” por aí. Chegou a época do cuidado redobrado, hahah.

e conta! segue diálogo ilustrativo
Eu: Um!
Agnes: dôs
Eu: três (ela diz tês)
Agnes: cato
Eu: cinco
Agnes: ses
Eu: sete
Agnes: otcho
Eu: nove
Agnes: ez
Resumindo: até os 4 ela vai seguindo “certo” sempre falando os números pares, eu falo e ela completa; depois repete o que a gente fala. Não estou ensinando ela a contar ainda, calma, foi só uma brincadeira esses dias, e porque ela sempre gosta de ir vendo os números mudando no elevador.

Ai, é muita coisa. Cada hora tem uma palavra nova, um jeito novo de falar. Muito gostosa essa fase, minha gente!

comendo “buiaba”, uma das frutas preferidas ❤

3 Comentários

Arquivado em Agnes, coisa linda, conversando, desenvolvimento